logo donadelas

Como planejar uma reforma de casa sem estourar o orçamento?

Não importa se você vai fazer uma obra em sua casa por pura necessidade, por conta de uma infiltração na cozinha, por exemplo, ou pelo simples prazer de renovar o ambiente. A verdade é que fazer qualquer reforma, hoje, por menor que seja, é muito cara. O preço da mão de obra e do material de construção civil estão em alta, pela morte!


E obra, todo mundo sabe, nunca fica no valor que planejamos. Sempre há imprevistos, problemas ou pequenas mudanças de projetos que acabam alterando o nosso planejamento e elevando – e muito – os custos. Quem nunca sofreu disso?


Se você está planejando uma reforma ou precisa fazer um reparo na sua casa, vai ser muito pertinente ler este conteúdo até o fim. Separei 5 dicas de como planejar uma reforma de casa sem estourar o orçamento que realmente fazem toda a diferença. Vamos lá? Mãos à obra!


1. Defina o projeto e siga-o até o fim

Claro que o imprevisto faz parte da natureza da construção civil, mas nada pior do que fazer uma obra sem um projeto pré-definido. A verdade é que muita gente sai comprando material, sem planejamento, e quando se dá conta o desperdício é enorme.


É preciso se planejar. Quer um exemplo? Se a previsão é gastar, digamos, 100 quilos de areia, em vez de comprar sacos de 1 quilo, que tal comprar uma carga de cem quilos de uma só vez? Se você tiver onde estocar, vai economizar muito.


Saiba exatamente o que será feito, faça com o construtor um levantamento do material que será necessário e certifique-se de que não vai comprar uma quantidade maior do que a que será utilizada. Se você tiver um desperdício de 10% de cada item comprado, imagine o tamanho do prejuízo no final da obra?


2. Trabalhe com profissionais recomendados

Sabe aquele marido da amiga da sua empregada, que tem um precinho super acessível? Pode ser ótimo, desde que ele apresente referências concretas e verdadeiras. A gente cansa de ouvir histórias de profissionais que abandonaram a obra no meio do caminho, mesmo já recebendo uma boa parte do pagamento.


Aliás, uma dica fundamental: acerte o pagamento por etapa vencida. Antes da obra iniciar, crie um cronograma com o construtor pagando por serviço realizado. Por exemplo: o pagamento de uma determinada quantia será feito após a conclusão da pintura do quarto.


3. Pesquise preços

Pesquisar preços é fundamental. Muita gente prefere, por comodidade, comprar todos itens na lojinha de construção da esquina, mas as vezes o preço ali é muito maior. Pesquise sem preguiça. Olhe valores nos sites das grandes lojas de construção civil, consulte ao menos três lojas do seu bairro, enfim, pesquise, pesquise e pesquise. Muitas vezes a diferença de preço pode chegar a mais de 100%, o que é um absurdo mas é real. E dói demais no bolso da gente.


4. De olho no planejamento financeiro

Você precisa ter uma ideia bem próxima do quanto irá gastar, mesmo sabendo que há imprevistos que aumentarão essa conta. Um dos erros mais comuns é iniciar uma obra sem ter dinheiro suficiente para bancar a empreitada. O que acontece? Ou a obra pára no meio, ou será necessário pedir dinheiro no banco, pagando juros extorsivos. De uma ou outra forma, o prejuízo é certo! Jamais comece uma obra sem saber o quanto deverá gastar.


5. Que tal planejar os pagamentos?

Na maior parte das vezes, é possível comprar material de construção civil no cartão de crédito em 10 prestações mensais, sem juros. Que tal utilizar essa possibilidade? Na verdade, o custo do material geralmente é o que mais pesa em uma obra, e dividi-lo pode ser bem interessante. Mas lembre-se de se planejar, pois você terá uma dívida pelos próximos dez meses, certo?


Conclusão

Com planejamento, pesquisa e foco, será possível planejar uma reforma da casa sem estourar o orçamento. Mas é preciso ser rigorosa e acompanhar cada etapa da obra, sem descuidos, combinado? E tudo deve ser anotado para que você não se perca. Boa obra e boa sorte!

Como você se sente após ler esse conteúdo?
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0

*Os textos de nossas colunistas são de inteira responsabilidade das mesmas e não refletem, necessariamente, a opinião da Donadelas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Assine a nossa newsletter