logo donadelas

Cuidado com a documentação dos empregados!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Olá, Donadelas!!

Há na Legislação Trabalhista uma obrigação legal muito simples, mas que na grande maioria das vezes não é observada e pode gerar dor de cabeça desnecessária às empresas: o cuidado com a guarda e devolução dos documentos dos empregados.

Chamo atenção, principalmente, quanto à carteira de trabalho (CTPS) do funcionário, que é comumente o documento que se retém para as anotações necessárias nesta (admissão, demissão, férias, alterações salariais…). Muitos não sabem, mas, inclusive, o prazo para a realização destes registros citados e, consequentemente, para a devolução da CTPS ao colaborador é de 05 (cinco) dias após o recebimento desta na empresa, sob pena de pagamento de indenização correspondente à 01 (um) dia de salário por dia de atraso, pela retenção da carteira profissional, sendo que é garantido ao trabalhador o acesso às informações da sua CTPS no prazo de até 48 (quarenta e oito) horas a partir de sua anotação.

documentos empregados

Assim, sempre recomendamos que se atentem ao prazo acima e ao devolver qualquer documento ao empregado o façam somente mediante assinatura de recibo de devolução. Recentemente, uma microempresa no Distrito Federal foi condenada a indenizar uma ex-trabalhadora em R$-2.500,00 (dois mil e quinhentos) pelo extravio da CTPS de uma ex-funcionária.

Felizmente, com a criação da CTPS digital a rotina das empresas foi otimizada, pois passaram a administrar esses registros na CTPS sem precisar recolher o documento físico do trabalhador, extinguindo, assim, os riscos de extravio, rasura e danificação deste. Consequentemente, eliminando-se, também, uma possível indenização por dano ao trabalhador, como no caso acima.

Sucesso, meninas. Sempre! 

Como você se sente após ler esse conteúdo?
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0

*Os textos de nossas colunistas são de inteira responsabilidade das mesmas e não refletem, necessariamente, a opinião da Donadelas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos da Autora

Assine a nossa newsletter