logo donadelas

Disciplina para ser criativa

Tem dias que é sofrido escrever uma frase, pensar em algo diferenciado, relevante, que valha a pena… É só comigo acontece isso, ou com vocês também?

Claro que algumas pessoas são naturalmente mais criativas que outras, mas isso não significa que não podemos desenvolver o pensamento criativo.

Quando somos criativas, buscamos soluções diferenciadas, resolvemos problemas de maneira mais inovadora, muitas vezes utilizando menos recursos, e com isso, aumentamos nossa competitividade no mercado.

Portanto, a criatividade para nós, mulheres empreendedoras, é condição para que nossos negócios operem e prosperem. Mas precisamos estabelecer uma certa disciplina isso. Como assim? Disciplina???

Precisamos nos propor a seguir uma “rotina” de fazer algo diferente, mas todos os dias. Esse tipo de atitude vai estimular nossa mente a pensar em situações novas, nos levar a outros caminhos, e com isso, poderemos sair do modo “já sei tudo”, e partir para visitar outras áreas, fazer novos questionamentos, abrir os olhos e descobrir o que ainda não sabemos.

A criatividade não está dentro de uma gaveta, esperando que a gente abra e a encontre ali paradinha esperando nosso uso. Ela teima em passear pelo nosso cérebro o tempo todo, inclusive, tem dias que brinca de se esconder!

Ely Ribeiro

Então, como desenvolver uma disciplina para sermos mais criativas?

Procure estar perto de pessoas criativas

Observe como essas pessoas agem, os resultados que obtém, quais são seus comportamentos. E identifique de que forma você pode aplicar algumas dessas atitudes no seu dia a dia.

Ouça músicas diferentes

Ouvir música é comprovadamente uma forma de estimular a inovação, criatividade. Mas ouvir todos os dias as mesmas músicas será que vai ajudar? Não estou dizendo para abandonar seus cantores favoritos, mas procure uma playlist que nunca ouviu, um ritmo diferente, uma língua diferente. Eu agora estou muito engajada na busca e escuta por músicas árabes. Não entendo nada, mas adoro alguns ritmos, palavras.

Descanse

Faça pausas pequenas. Parar o que está fazendo somente para ver através da janela, ou descascar uma laranja (com foco na laranja), enfim, pausa para relaxar. Em cinco minutos de “fazendo nada”, seu cérebro se restabelece, você respira melhor, e volta com mais leveza para o trabalho.

Seja gentil com você

Sempre defendo isso: se você não for gentil com você, pouca gente será. Então, anote seus progressos ou mesmo se auto elogie por eles, por menores que sejam. Parabenize a você, por cada conquista. Pode ser mentalmente, pode ser com um sorriso, um grito… Quanto mais você fizer isso, mais autoconfiante se tornará e mais preparada também para fazer coisas diferentes, por que você se sentirá mais forte para experimentar o novo.

Não fique paralisada pelo erro

Muitas pessoas decidem retroceder quando o resultado de algo inusitado que fez, não é o que desejavam. Tudo bem dar um passo atrás. É natural. Mas não se permita paralisar. Tente novamente, mude, refaça os planos, a vida é essa, a mudança precisa ser permanente para que as coisas aconteçam.

Busque outras soluções

Nem sempre o remédio que queremos tomar é o que vai curar a dor. Busque outros remédios. Converse com pessoas, escute o que elas fariam diante daquele problema ou ideia. Não é somente a sua ideia ou solução que podem ser as mais adequadas. Esteja aberta a ouvir novas perspectivas, e confronte de forma positiva, essas novas percepções, com as suas crenças.

Há muitas formas de estimular sua criatividade, busque mais informações sobre isso, mas uma coisa é essencial: você deve estar disposta a escutar ativamente o seu entorno, a ver com outros olhos outras rotinas, e com isso, desenvolver uma disciplina própria para que o pensamento criativo se instale de forma natural no seu dia a dia. Que tal experimentar?

Como você se sente após ler esse conteúdo?
+1
0
+1
1
+1
0
+1
0
+1
0

*Os textos de nossas colunistas são de inteira responsabilidade das mesmas e não refletem, necessariamente, a opinião da Donadelas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Assine a nossa newsletter