logo donadelas

O que fazer quando a equipe rejeita o líder

Muitas vezes vejo empresárias e gerentes reclamando que acham ou percebem que seus funcionários estão sempre sabotando as “ordens” dadas. Eu sempre pergunto: E o que você está pensando em fazer? E a resposta na maioria das vezes vem com algo do tipo “não sei mais o que fazer” e não fazem mesmo, deixam a situação chegar no limite máximo do desgaste.


O que mais me chama atenção é que a empresária ou gerente não percebe o quanto é responsável pela rejeição, falta de engajamento e desmotivação da equipe.


É muito difícil encontrar líderes que tem o hábito de analisar como está sua liderança, de perceberem o quanto seu comportamento é responsável pela rejeição da equipe e principalmente dispostos a se desenvolver e melhorar sua forma de liderar. Nós mulheres temos algumas características que deveriam nos ajudar a perceber esses comportamentos, mas acredito que a pressão da rotina diminui essa sensibilidade em algumas de nós.

 
Dois motivos levam uma equipe a rejeitar uma liderança:

  • Resistencia por desconhecimento das habilidades e competências da liderança. Nesta fase a equipe fica no modo desconfiança: “será que ela sabe o que tá fazendo?”
  • Quando a equipe ou a maioria dos membros estão muito vinculados a uma liderança anterior. Neste caso é comum fazerem comparações entre um e outro, mas isso é consequência da falta de clareza por parte do líder de deixar explicito quais os seus objetivos e expectativas sobre a equipe. E se alguém continuar não concordando, tudo bem, só não poderá fazer parte da equipe.


Entendeu como é importante a líder se responsabilizar pelos resultados?


Ela é responsável em todos os sentidos, a começar pela situação da rejeição, pois é da natureza do ser humano rejeitar por medo ou por não se alinhar a situação como comentei acima.


Mas, para vencer a rejeição, todo líder precisa saber onde está sua liderança, qual seu estilo de liderança e onde quer chegar.


E nunca pode deixar de declarar isso para a equipe, as pessoas precisam sentir segurança na liderança.


Sempre acreditei que um líder não precisa ser amado, mas respeitado e por ser um profissional que entrega resultados para sua equipe, se preocupa com o desenvolvimento de todos e não somente com seu desenvolvimento pessoal e profissional.


Quando líderes apresentam os objetivos de seus planos e estes estão alinhados aos objetivos do grupo, ou seja, fazem sentido para as pessoas da equipe, todos se movimentam na mesma direção e aquela impressão de que as pessoas estão sempre “sabotando”, se desfaz, fica o sentimento de pertencimento e a certeza de que juntos alcançarão os resultados planejados.

Como você se sente após ler esse conteúdo?
+1
0
+1
1
+1
0
+1
0
+1
0

*Os textos de nossas colunistas são de inteira responsabilidade das mesmas e não refletem, necessariamente, a opinião da Donadelas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Assine a nossa newsletter