logo donadelas

Uma das coisas que mais aprendi é aquilo que não funciona!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Depois de 30 anos no meio corporativo, gerenciando negócios, equipes, investimentos, resultados financeiros, metas de vendas, casa, família, amigos, “cachorro e papagaio”, com aquele pacote completo e aparentemente perfeito, me via no auge e, ao mesmo tempo, no caos.

A inquietude foi crescendo, um vazio, um monte de perguntas sem respostas na cabeça. Mas uma delas ficava ecoando, se repetindo: “Será que quero passar a próxima metade da minha vida como essa primeira?”. Quando o “não” ganhou força, me vi diante de uma das decisões mais difíceis que já tive que tomar, largar o certo pelo incerto, emocional, profissional e financeiramente.

Me chamo Mara Lacerda, 51 anos, nascida e criada na mais típica família paulistana. Formada em Administração de Empresas, Gestão de Negócios e Marketing, e que diante desse cenário que relatei acima, decidi sair pelo mundo em busca de algo que fizesse mais sentido. Larguei São Paulo, essa bagagem gigante, assumi uma pequena mochila e parti. Parti em busca de inspiração, das respostas corretas, de um jeito que fizesse um novo sentido. Um ano na Ásia, de muita disruptura, desapego e muita coragem para encarar, frente a frente, meus erros e anseios.  

Mara na ásia
Foto: Acervo Pessoal

A conclusão dessa viagem foi que fui tão longe para encontrar o que já estava aqui dentro! E esse foi o grande pulo do gato para me fazer entender o que realmente faltava: o ser humano, o praticar o humano, o respeitar o humano, o crescer humano. Bingo, eu não queria mais fazer negócios com clientes e consumidores, eu queria fazer com pessoas reais, de verdade, integradas.

mara na asia
Foto: Acervo Pessoal

Estava feliz, com muitas ideias e o coração cheio de vontade, mas também cheio de coragem para enfrentar os desafios e dificuldades que vieram. Naquele momento, morando em Paraty, Rio de Janeiro, sem recursos para iniciar o negócio e com a chegada da pandemia, precisei reinventar, porque o único bem que eu possuía era o meu conhecimento, mais nada. O jeito foi organizar a minha casa para acomodar um espaço de trabalho ali mesmo, e botar fé em mim para sair e oferecer o meu novo serviço como cortesia, em troca do velho e bom conhecido “boca a boca”. Busquei parcerias que me ajudassem a divulgar, acreditando que era um bom serviço, utilizei redes sociais, fiz permutas e muitas visitas. Muitos “que legal, mas não nesse momento”, alguns “sim”, mas a vontade de fazer acontecer era grande. 

Assim nasceu a minha empresa: a K.O.A, uma facilitadora de negócios voltada a colaborar com empreendedores. K.O.A, na tradição havaiana, significa coragem, ousadia, força, valores que os guerreiros havaianos desenvolviam para prosperarem suas tribos. Achei bem atual e inspirador para descrever os desafios de empreender!

mara lacerda
Fotos: acervo pessoal

As pessoas me perguntam: “O que é uma facilitadora de negócios? É uma consultoria?”. E, rapidamente, eu respondo: “Aqui eu não faço consultoria, não! A gente vai é K.O.criar!”.

De um jeito bem diferente, utilizo K.O.criação, muitos post-its e frentes de conhecimentos diversos para abrir o leque de oportunidades, ações e recursos para cada ser humano que me procura. O modelo é prático, interativo e ágil.

Os empreendedores me procuram com as mais variadas demandas, que podem ser bem parecidas com as suas: “meu negócio até vende, mas eu não consigo sobrar com nenhum lucro”, “tenho dificuldade na parte administrativa e financeira”, “não sei como estruturar o crescimento do meu negócio, “estou sempre tendo que contratar e treinar pessoas”, “não tenho tempo para fazer divulgação nas redes sociais e canais online”, “como posso melhorar a exposição da minha loja para aumentar minhas vendas”, “não tenho capital para expandir”, “tenho uma ótima ideia, sei fazer algo muito bem, mas não sei montar um negócio”.

Não importa se a demanda é pontual, operacional ou se envolve planejamento e estruturação, nem o porte ou o tipo do negócio, passar pela K.O.criação tem feito com que eu e os empreendedores repensemos conceitos e alcancemos novos resultados, imediatos, com impacto, mas com crescente evolução como seres humanos também.

Se estou mais realizada que antes? A resposta você pode ver pelas fotos.

mara feliz
Foto: Acervo Pessoal

Mara Lacerda, é empreendedora, idealizadora da K.O.A, empresa facilitadora de negócios, em Paraty, Rio de Janeiro.

http://www.donadelas.com.br/@mara

Como você se sente após ler esse conteúdo?
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0

*Os textos de nossas colunistas são de inteira responsabilidade das mesmas e não refletem, necessariamente, a opinião da Donadelas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos da Autora

Assine a nossa newsletter